pt +55 (48) 3039 1404 contato@apino.com.br

Saiba como controlar o orçamento para viagens corporativas

Saiba como controlar o orçamento para viagens corporativas
Avalie este post!

Quem atua com recursos financeiros sabe que a tarefa exige estratégia e equilíbrio. De forma simples, podemos exemplificar a situação com o jogo do Banco Imobiliário. O jogador precisa ter visão de investimento e realizar estratégias satisfatórias ou pode colocar tudo a perder.

Na vida real, não é diferente. Contudo, as estratégias são muito mais complexas e podem entrar em conflito com os recursos financeiros. Essa situação também ocorre quando o assunto é orçamento para viagens corporativas.

As viagens corporativas precisam acontecer, pois é por meio delas que muitos negócios são concretizados. No entanto, nem sempre o orçamento geral de uma empresa consegue sustentá-las. É aí que entra o conflito. Nesse momento, o gestor precisará atuar como um bom malabarista e conciliar as necessidades da empresa com os recursos financeiros.

Felizmente ou infelizmente (depende do ponto de vista), muitos gestores já passaram por isso e deixaram lições valiosas para sair dessa. Por isso, neste artigo, listamos quatro maneiras de economizar no momento de organizar viagens corporativas. Confira!

4 lições para realizar orçamento para viagens corporativas

1. Defina datas estratégicas

A primeira lição para quem procura economizar é definir um calendário de viagens. Isso é necessário, pois, com planejamento, é mais fácil conseguir promoções de passagens aéreas e pacotes, por exemplo.

Obviamente, viagens de última hora ocorrerão. Entretanto, muitas são programadas, como: reuniões com clientes, fornecedores etc. Sendo assim, tenha uma política que programe viagens com antecedência, pois isso ajudará, e muito, no orçamento.

2. Identifique os gastos

Tenha uma planilha com todos os possíveis gastos de uma viagem. Isso ajudará tanto para saber quanto será gasto como para analisar onde é possível economizar. É importante, por exemplo, que haja na planilha tópicos como: gastos com passagem aérea, hospedagem, alimentação, transporte e até imprevistos.

3. Contrate uma agência de viagem corporativa

A terceira lição é contratar uma empresa que ofereça assessoria de viagens corporativas. A contratação irá proporcionar uma economia expressiva, pois uma agência que atua no ramo consegue oferecer hospedagens e passagens aéreas com preços econômicos.

Isso é possível porque a empresa atua em parceria com diversos fornecedores do ramo. Além disso, uma boa agência pode oferecer outros benefícios, como controle online dos custos por meio de relatórios que permitem gerenciamento e acompanhamento em tempo real.

4. Realize o aluguel de veículos

Em uma viagem de negócios, é muito comum que o profissional tenha que se deslocar diversas vezes no destino. Seja do aeroporto para o hotel ou do hotel para as reuniões, por exemplo. Por conta disso, o custo com táxi pode ser alto.

Uma forma de reduzir esse custo é o aluguel de veículos. Dessa forma, entrando em contato com empresas que atuam no ramo, é possível negociar pacotes com valores acessíveis e isso faz toda a diferença no orçamento da viagem.

Agora que você já conhece algumas lições essenciais para controlar o orçamento para viagens corporativas, não deixe de colocar em prática e nos contar o resultado. Estamos disponíveis nas redes sociais. Siga nossa página no Facebook e nossa perfil no Instagram!

Inscreva-se

Viagens para eventos

Viagens de incentivo