pt +55 (48) 3039 1404 contato@apino.com.br

Conheça as regras para o passaporte de emergência

Conheça as regras para o passaporte de emergência
Avalie este post!

Precisa sair do país rapidamente, mas não possui passaporte? É uma situação realmente complicada. A emissão pode ser um processo longo, burocrático e que pode atrapalhar os seus planos.

Felizmente, há uma solução mais simples para o problema. Talvez você não tenha conhecimento, mas há um passaporte de emergência que pode ser emitido em até 48 horas.

Contudo, é importante não cantar vitória antes de hora. Por quê? Bom, é que este documento emergencial só pode ser emitido em algumas situações. Sendo assim, se você se encaixar no critério de emissão, ótimo. Caso contrário, terá que passar pela emissão do passaporte comum.

Quer saber se você pode emitir o documento de emergência? Continue lendo este post.

Entenda como funciona o passaporte de emergência

O passaporte de emergência é emitido pela Polícia Federal e visa auxiliar quem precisa sair do país com urgência. O documento tem duração legal de apenas 1 ano e não é aceito em diversos países, inclusive em caso de escalas, por motivo de segurança.

Por isso, caso realize a emissão, é importante verificar se o país que você pretende visitar aceita o passaporte.

Saiba quais são os motivos exigidos para emissão

Para emitir o passaporte emergência, é indispensável que o cidadão tenha como comprovar um dos 8 motivos considerados legais pela Polícia Federal.

Veja abaixo a lista com os critérios da PF e verifique se sua situação se encaixa na lista:

  • viagem por motivo de trabalho;
  • para realizar ajuda humanitária;
  • para proteger patrimônio;
  • por motivo de saúde da própria pessoa, do cônjuge ou parente (até 2º grau);
  • por motivo de conflito armado no país;
  • por catástrofes naturais;
  • para resolver situações da administração pública;
  • por motivos que não poderiam ser previstos.

Veja como obter um passaporte de emergência

O seu motivo para emissão do passaporte se encaixa em algum critério exigido pela PF? Então é hora de se organizar para realizar o pedido de emissão.

Abaixo, listamos o passo a passo para você fazer a emissão:

  • organize toda a documentação exigida pela PF. Os documentos são os mesmos solicitados para a emissão do passaporte normal;
  • tenha um documento legal para comprovar o motivo da emissão do passaporte emergencial. Lembrando que passagem aérea não é um documento que comprove uma situação de emergência;
  • faça seu cadastro no formulário de emissão do passaporte;
  • vá até um posto da Polícia Federal que faça a emissão do passaporte de emergência (não são todos que realizam esse serviço);
  • leve o formulário de emissão, documentos que comprovem a situação de emergência e seus documentos pessoais.

Quando chegar no posto da PF, um profissional vai analisar o seu pedido. Caso a emissão seja aceita, você vai tirar uma foto e deixar suas digitais.

Além disso, também será gerado um boleto para pagamento. Atualmente, o valor para emissão de passaporte emergencial é de R$ 334,42. Finalizando os trâmites para emissão, o passaporte estará disponível para retirada em até 2 dias.

Nossa dica sobre o passaporte de emergência foi útil para você? Saiba que temos muito mais conteúdo. Para ficar por dentro, nos acompanhe no Facebook e no Twitter!

Inscreva-se

Viagens para eventos

Viagens de incentivo